Notícias

LANÇAMENTO DO LIVRO CAMINHANDO COM INÁCIO (PE. SOSA, SJ)

No início do evento, às 17h  (12h pelo  horário de Brasília), realizado na sala de reunião da Cúria Jesuíta em Roma, no modo de entrevista coletiva representantes da imprensa mundial (com cerca de 20 jornalistas, mas com link direto ao vivo em transmissão aberta pelo YouTube), além de ser apresentada uma canção que marca o ano inaciano, foi lançado um vídeo intitulado “Jovens Jesuítas Caminhando com Inácio”. Ali estão testemunhos de jesuítas que atuam em Myanmar, Colômbia, Sri Lanka, Índia, Camarões e Polônia.

A apresentação ficou por conta do Pe. Cipriano Diaz SJ assistente Regional para a Europa Meridional do Governo Geral da Companhia de Jesus.

A Ir. Claretiana Jolanda Kafka, presidente da União Internacional de Superiores Gerais de instituições religiosas católicas, que escreveu o prólogo Claretiana, comentou a importância do livro em lançamento, lembrando a importância do discernimento nos tempos atuais como instrumento que vai para além de uma dimensão individualista. Lembrou que o discernimento, desde a fundação da Companhia, era considerado um bem precioso e comunitário. Acentuou que o Papa Francisco tem colocado a todos os fiéis para discernimento na condução da Igreja. Logo em seguida ouvimos a fala do jornalista espanhol Dario Menor que coletou as entrevistas , lembrou que o livro nasceu de alguns encontros com o autor sendo que enquanto projeto foi realizado em um desenvolvimento coletivo muito bem-sucedido.  Considera como um “livro instrumento” com utilidade para reflexões e melhor conhecimento da ação da Companhia de Jesus em todo o mundo. Lembrou que a obra foi construída em meio ao cenário desolador da pandemia em todo o mundo. No livro o Pe. Arturo Sosa faz memória dos diferentes momentos de sua vida: desde sua infância na Venezuela, passando por seus pessoais interesses políticos e a vocação jesuíta, até seus compromissos sociais e trabalho acadêmico na Companhia de Jesus, da qual se tornou Superior Geral em 2016, sendo o primeiro da América Latina. Ele prossegue examinando os maiores desafios que a Igreja precisa enfrentar hoje.

Pe. Arturo Sosa, SJ começou sua fala nos lembrando o referencial inicial da conversão de Santo Inácio, a partir de uma ferida e de um encontro pessoal com Jesus Cristo que levou a uma caminhada não somente com Ele, mas com o outro, seguida de uma construção comunitária. Lembrou que a oportunidade deste Ano Inaciano é a de - a partir da inspiração e ação de Santo Inácio - nos conscientizarmos da importância da caminhada de cada um junto ao Senhor. “O caminho da libertação passa pela reconciliação e passa pela justiça”, disparou lembrando um fator relevante na história da Companhia de Jesus.

Em meio às perguntas dos jornalistas, Pe. Sosa SJ comparou a pandemia que vivemos globalmente com o momento inicial da conversão de Santo Inácio (enquanto oportunidade de mudança por revelar tantas feridas na humanidade). Ao final os jornalistas e demais presentes foram convidados a um coquetel no salão Pe. Nicolás.


Fonte: oitiva do evento, através do YouTube